Siarom Selopreih
A vida é poesia efêmera,  que pereniza a nossa história.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Perfil
Alguém que exercita a felicidade no que é simples, cotidiano. Que tem consciência do quanto é imperfeito. Sabe que é um ser em processo, inacabado. Alguém que ama e é amado. Gosta de estar com a família. Curtir o tempo, que é tão exíguo. Um aprendiz de ser poeta. Nem melhor, nem pior do que ninguém. Apenas alguém que gosta de viver.